domingo, 25 de novembro de 2012

dores de amor que não nos deixam pensar por três dias

As coisas para dizer não vêm assim. Custam. Não saem e não há nada de lindo, de azul ou de música de Caetano ou Gal se não se está bem com o amor. Como a Gabriela que deixou de ser feliz com seu Nacib e ainda não sabe que tem tudo a ver com o sapato que ele obriga ela a usar. Há coisas tão doloridas no amor como os sapatos  de número errado.
No entanto ainda há as Havainas por isso amanhã volto.

Um comentário:

  1. Ainda bem que existem as havaianas.

    homem sem blogue
    homemsemblogue.blogspot.pt

    ResponderExcluir